Delações envolvem Valdebran Padilha, ex-tesoureiro do PT de Mato Grosso - GAZETA DO NOROESTE MT

A Notícia sempre no tempo certo e do seu jeito!




Brasnote
+23...+30° C

18 de Abril de 2017 as 06:50

Delações envolvem Valdebran Padilha, ex-tesoureiro do PT de Mato Grosso

Gazeta Digital

Tweet

Reprodução

Valdebran era empresário e havia sido tesoureiro do PT em Mato Grosso em 2004.

O esquema de lavagem de dinheiro criado entre a Odebrecht e a cervejaria Itaipava não bancou apenas o caixa 2 de campanhas eleitorais, mas também a compra, em 2006, de um dossiê contra o então candidato ao governo de São Paulo, José Serra (PSDB), episódio que ficaria famoso como o escândalo dos “aloprados do PT”.

O capítulo das falcatruas com dinheiro ilícito é narrado em detalhes pelo delator Luiz Eduardo Soares, ex-executivo da Odebrecht que atuava no departamento da propina da empreiteira.

No dia 15 de setembro de 2006, a apenas duas semanas do primeiro turno das eleições para presidência, integrantes do PT foram presos pela Polícia Federal em um hotel de São Paulo ao tentar comprar um dossiê contra o então candidato tucano ao governo de São Paulo, que concorria com Aloizio Mercadante. O então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tentando diminuir a importância do episódio, afirmou que aquilo era obra de “um bando de aloprados”.

Foram presos em flagrante Valdebran Padilha, que tinha US$ 109,800 mil e mais R$ 758 mil em dinheiro e Gedimar Passos, com US$ 139 mil e mais de R$ 400 mil em dinheiro. Ao todo, os dois tinham R$ 1,7 milhão. Valdebran era empresário e havia sido tesoureiro do PT em Mato Grosso em 2004. Gedimar havia sido agente da PF e se apresentava como advogado do PT.

 

Comente Logo Abaixo

Josias de Souza/As revelações da Odebrecht e o futuro da chapa Dilma-Temer

© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados. Gazeta Do Noroeste MT